quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

poética 26




poética 26

a faca
afiada de metal
rasga
os bagos da fruta
enquanto outra faca
de carne não de aço
cospe em solidão
o líquido do amor
que não fizemos

arturgomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário